2 de fevereiro de 2012

Jornalista Ancelmo Góis, do O Globo, afirma que Silas Malafaia se assumiu homofóbico. Pastor responde chamando-o de “evangélicofóbico”

O pastor Silas Malafaia respondeu através de seu site ao comentário do jornalista Ancelmo Góis, colunista do jornal “O Globo” em que ele afirma que o pastor é homofóbico.

Em seu site, Góis postou comentário sobre a opinião emitida pelo pastor Silas Malafaia sobre o Big Brother, reality show da TV Globo: “Silas Malafaia, o telepastor que abriu guerra contra os gays ao se declarar homofóbico, agora mira no… “Big Brother”, da TV Globo. Em seu site verdadegospel.com disse que “se algum crente assiste ao programa, tem de se converter de novo”, escreveu o jornalista.

Em resposta ao jornalista o pastor Silas Malafaia afirmou que, apesar de respeitá-lo, ficou surpreso com o artigo: “Sempre tive admiração por Ancelmo Gois conseguir dar uma notícia de maneira resumida e com inteligência fazer os leitores entenderem suas matérias. Aprendi a respeitar as preferências das pessoas, se um jornalista gosta de gay, e não gosta de evangélicos ou de pastores, mas fiquei de boca aberta com o comentário de um jornalista deste quilate ao fazer uma declaração tão preconceituosa e absurda como esta”.

Malafaia negou as afirmações do jornalista e o desafiou a provar o que havia afirmado: “Nunca disse, e muito menos sou homofóbico. Ancelmo Gois está desafiado a provar em qualquer instância que ele quiser quando que eu fui conivente com violência contra gays. Porque homofobia é uma aversão ao homossexual, desejando agredi-lo ou até eliminá-lo. Quando foi que eu fiz isso? É um absurdo rotular uma pessoa como doente, porque homofobia é doença classificada na psiquiatria”, rebateu o pastor Silas.

Demonstrando indignação, o pastor Silas Malafaia fez questionamentos a respeito do jornalista Ancelmo Góis: “Será que ele esta defendendo causa própria? Será que ele tem tanta afinidade com os homossexuais que passou a defender, translocadamente, a bandeira deles? Será que ele e evangelicofóbico? (sic) Será que ele tem ódio de pastores evangélicos? Será que é mau caratismo da parte dele?”.

Voltando a falar sobre o programa da TV Globo, Malafaia repetiu as críticas: “Quanto ao Big Brother, que toda a imprensa tem comentado, todos nós sabemos que este programa tem ensinado a cultura da traição, a cultura do alcoolismo, a cultura da safadeza, a cultura do fingimento, a cultura da sensualidade, a cultura da depravação, e todas estas culturas sendo impregnadas para destruir valores fundamentais para o equilíbrio da família, da sociedade e do ser humano”.

Fonte: Gospel+

Nenhum comentário: