29 de agosto de 2012

[Polêmica] Foto do pastor Lucinho cheirando a Bíblia como se fosse cocaína causa protestos


O convite para o culto “Quarta Louca por Jesus”, da Igreja Missão Evangélica Praia da Costa, em Vila Velha, no Espírito Santo, causou polêmica nas redes sociais e blogs na tarde dessa terça feira. Na imagem o pastor Lúcio Barreto, da Igreja Batista da Lagoinha, aparece “cheirando” a Bíblia, em uma situação análoga ao consumo de cocaína.

A pose de Lucinho, como é conhecido o pastor, “cheirando” a Bíblia, causou uma série de manifestações nas redes sociais, onde a imagem foi exaustivamente reproduzida e comentada ao longo da tarde. A imagem foi reproduzida também em vários blogs de humor, como o Treta, e foi destaque no G1.

Muitos cristãos criticaram a foto, por entender que a imagem associa o Evangelho com o vício ou as drogas. A imagem motivou também vários trocadilhos e piadas, como “carreira gospel” e “ao pó voltarás”.

O pastor presidente da Missão Evangélica Praia da Costa, Simonton Araújo, falou ao G1 sobre a polêmica em torno da foto do convite.

- O pastor Lucinho tem um projeto especial com a juventude. A ideia da imagem é mostrar que a Bíblia dá mais prazer do que qualquer droga. Nosso objetivo não é alcançar os já cristãos. É alcançar os que estão longe. Tirar as pessoas do lugar onde a maioria está, nas drogas, no vício, para dentro dos princípios de Deus, onde há prazer e alegria de verdade – declarou Araújo, que explicou que a foto foi retirada do site do pastor Lucinho para confeccionar o convite

- A intenção é das melhores. Mas criticar é um direito democrático. Nós, entretanto, aprendemos com a Bíblia a tratar com cuidado aqueles que estão proclamando o nome de Cristo e a respeitar mesmo quando não gostamos ou concordamos com algo – disse o pastor, que afirmou ainda que cerca de 1,5 mil jovens se reúnem semanalmente para assistir à pregação do pastor Lucinho, que acontece na igreja todas as quartas ferias das 20h às 22h.

Procurada para falar sobre o assunto, a assessoria de comunicação da Igreja Batista da Lagoinha informou que não se manifestaria sobre o caso, porque o pastor Lucinho tem assessoria de imprensa própria. A assessoria pessoal do pastor não foi encontrada para dar declarações, pois ele estaria fora do país.

Fonte: Gospel+

Um comentário:

Allan disse...

Gostei muito da foto, principalmente porque entendí o seu propósito, queria saber se uma mãe que tem seu filho preso nas drogras não gostaria de vê-lo desejando mais a palavra de Deus do que a droga que tem tirado sua paz e destruindo sua família.